Licenciamento e Certificação

Licenciamento

Empresa licenciada pela Autoridade Nacional de Comunicações, ANACOM

Prestador de Serviço Fixo Telefónico – Licença ICP-06 SFT/2001

Operador de Redes Públicas no Território Nacional – Licença ICP-09 RPT/2001

Prestador de Serviços de Transmissão de Dados e Serviços Internet – Registo ICP-005/2001

Operador de serviços de voz através da Internet (VoIP) de uso nómada - Declaração ICP-ANACOM n.º 09/2009)

Operador autorizado a operar o Sistema GSM-R

6/12

Certificação ISO/IEC 27001

A IP Telecom é certificada com o Certificado de Conformidade ISO/IEC 27001.

IQlogos
 

O Sistema de Gestão da Segurança da Informação da IP Telecom encontra-se implementado nos processos operacionais e aplicacionais de suporte dos serviços de Cloud Solutions, Housing e Hosting que suportam os datacenters em Lisboa, Porto e Viseu e os respetivos escritórios de apoio.

6/12

Política de Segurança da Informação

A IP Telecom está dotada de um Sistema de Gestão de Segurança da Informação (SGSI) que se traduziu na atribuição do Certificado de Conformidade ISO/IEC 27001.

Este Sistema abrange os processos mais críticos, nomeadamente os serviços Cloud Computing, Alojamento de Bastidores em Centro de Processamento de Dados (CPD) e Hosting de Aplicativos que a IP Telecom disponibiliza ao mercado e que se encontram disponíveis nos Datacenters de Lisboa, Porto e Viseu.

A Segurança da Informação da IP Telecom é definida através de mecanismos de controlo adequados às suas necessidades e realidade, verificados e auditados ao longo de um ano pelas entidades competentes, com especial incidência no garante da confidencialidade, integridade e disponibilidade da mesma. 

O objetivo do Sistema de Gestão de Segurança da Informação (SGSI) da IP Telecom é garantir a proteção dos seus ativos de informação, a continuidade do seu negócio e a mitigação dos seus riscos, prevenindo os incidentes de segurança e reduzindo o seu potencial impacto.

A IP Telecom assume a Política de Segurança da Informação, tendo em vista a eficácia da mesma, comprometendo-se a:

  • Proteger os ativos de informação contra todos os acessos não autorizados;
  • Preservar a confidencialidade, integridade e disponibilidade da informação;
  • Cumprir os requisitos legais, legislativos, regulatórios e contratuais aplicáveis;
  • Definir, manter e testar os Planos de Continuidade de Negócio;
  • Promover a valorização dos colaboradores, através de formação e sensibilização em segurança de informação;
  • Reportar e investigar todos os incidentes relacionados com a segurança de informação;
  • Garantir que a Política de Segurança da Informação está alinhada com a estratégia de gestão do risco definida no SGSI;
  • Garantir que todas as equipas estão comprometidas com o cumprimento da Política de Segurança da Informação;
  • Divulgar a Política de Segurança da Informação junto de Clientes, Fornecedores, Parceiros e Colaboradores;
  • Avaliar a execução da Política de Segurança da Informação e, dentro do propósito de melhoria contínua, assegurar a sua revisão anual, ou sempre que ocorram alterações que o justifiquem.

O critério de avaliação dos riscos utilizado na metodologia do cálculo de risco definida no SGSI, baseia-se no valor do ativo para o negócio, no impacto do evento para a confidencialidade, integridade e disponibilidade da informação e na probabilidade da ocorrência deste.

A Política de Segurança da Informação é suportada por outras políticas e restante documentação do SGSI, incluindo políticas de utilização de recursos, gestão de utilizadores e acessos.

O cumprimento da Política de Segurança da Informação é obrigatório.